Taça de Portugal

F. C. Porto e Sérgio Conceição com processos disciplinares

F. C. Porto e Sérgio Conceição com processos disciplinares

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) divulgou esta terça-feira o mapa de castigos referente às ocorrências na final da Taça de Portugal, entre Benfica e F. C. Porto, do passado sábado, que terminou com triunfo dos azuis e brancos, por 2-1.

F. C. Porto e Sérgio Conceição, expulso ainda na primeira parte do jogo com um duplo amarelo, foram alvos de processos disciplinares.

No Benfica, o diretor geral para o futebol, Tiago Pinto, foi expulso do banco quase no fim da partida e acabou por ser punido com 8 dias de suspensão, além de uma multa de 102 euros. Esta pena deveu-se ao "uso de expressões ou gestos grosseiros, impróprios ou incorretos". Segundo o relatório, o dirigente dos encarnados dirigiu-se assim a Artur Soares Dias: "Isto é uma brincadeira... é uma vergonha".

No total das multas aplicadas, a final da Taça de Portugal "custou" 5 917 euros, sendo que a maior de todas, no valor de 4 080 euros, foi aplicada ao F. C. Porto e deveu-se a "irregularidade relativa a publicidade - Falta de comparência a conferência de imprensa". Por esse mesmo motivo, o treinador de guarda-redes, Diamantino Figueiredo, foi punido em 230 euros.

Ainda nos dragões, o diretor-geral, Luís Gonçalves, foi castigado com uma multa de 204 euros, porque "procedeu à entrega das fichas de jogo à equipa de arbitragem às 19:57", sendo que o jogo tinha início marcado para as 20.45.

Por fim, o diretor de imprensa dos azuis e brancos, Rui Cerqueira, foi punido com 15 dias de suspensão e multa de 510 euros, pelos motivos que surgem assim descritos no relatório do árbitro: "No intervalo do encontro quando me dirigia para o Balneário antes de entrar no túnel, na bancada do estádio junto ao túnel, verifiquei a presença do Sr. Rui Cerqueira, director de imprensa do F. C. Porto entre outros elementos do staff do F. C. Porto, todos com comportamentos impróprios e alterados, tendo tido a oportunidade de constatar que este Sr. Rui Cerqueira referiu em tom bastante agressivo. 'És um filho da p***... és uma vergonha".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG