Futebol

F. C. Porto queixa-se de "atentado à verdade desportiva"

F. C. Porto queixa-se de "atentado à verdade desportiva"

Dragões estão revoltados pela arbitragem de Fábio Veríssimo no jogo entre os azuis e brancos e o Belenenses SAD que terminou empatado a zero e com Nanu lesionado.

Na newsletter Dragões Diário, o F. C. Porto criticou ao trabalho do árbitro Fábio Veríssimo durante o jogo com o Belenenses SAD. "O jogo terminou empatado a zero e foi manchado por uma arbitragem terrível", adiantam os azuis e brancos, dando conta ainda que Nanu, transportado para o hospital após um choque aparatoso com Kritciuk, "terminou a noite de ontem consciente, estável e orientado no tempo e no espaço, depois de ter sofrido uma concussão cerebral e um traumatismo vértebro-medular com perda de conhecimento".

Os dragões recordam os lances capitais do jogo, considerando que o árbitro não teve um desempenho à altura: "Tudo começou com um penálti por assinalar sobre Taremi e prosseguiu com os lances reunidos neste vídeo, que inclui faltas que deviam valer segundo amarelo ou vermelho direto e o penálti que ficou por marcar no lance que provocou a lesão de Nanu. O potencial impacto destes lances no resultado é evidente, e nem a má-fé dos que logo procuraram desvalorizá-los tem força para escamotear uma tão grande sucessão de atentados à verdade desportiva".

O F. C. Porto lembra ainda o descontentamento do treinador Sérgio Conceição e do defesa Pepe logo após o jogo: "Sérgio Conceição e Pepe deram voz à revolta de equipa e aproveitaram as entrevistas rápidas para denunciar o que se tinha passado naquele relvado que de relvado só tinha o nome. O treinador não podia ter sido mais claro: "Fomos enganados e roubados". Para o capitão, é inaceitável como "para uns há um critério e para outros há outro".

Segundo apurou o JN, o Conselho de Arbitragem e a Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol vão apresentar queixa das declarações do treinador e do capitão do F. C. Porto como, aliás, por considerar que foram ofensivas e colocam em causa o bom nome do árbitro.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG