Futebol

F. C. Porto reforça liderança com vitória tranquila em Tondela

F. C. Porto reforça liderança com vitória tranquila em Tondela

O F. C. Porto aumentou provisoriamente para quatro pontos a vantagem sobre o Benfica na liderança do campeonato, ao vencer o Tondela, por 0-3, em jogo da 23.ª jornada da Liga.

Sem Danilo, Marega e Aboubakar e com Brahimi no banco de suplentes (esteve em dúvida face a uma entorse), os dragões começaram bem o jogo, criando logo um momento de perigo aos dois minutos, com o guarda-redes beirão Cláudio Ramos a fazer uma grande defesa após cabeceamento de Adrián López. Pepe ainda tentou o golo, na recarga, mas cabeceou para fora.

Aos 11 minutos, a superioridade do F. C. Porto traduziu-se em golo. Na sequência de um livre, a defesa do Tondela não conseguiu aliviar e, no meio da confusão, Pepe aproveitou e rematou rasteiro para o fundo das redes.

Até perto da meia hora de jogo, o Tondela não conseguia passar do meio-campo, face à pressão alta da equipa visitante que empurrava o conjunto comandado por Pepa para o último terço do campo.

Já perto do final da primeira parte, o Tondela ganhou alguma desenvoltura e, por duas vezes, aproximou-se da baliza defendida por Casillas, com investidas de Xavier e de Tomané, respetivamente o melhor assistente (6) e o melhor marcador (8) da equipa do distrito de Viseu.

Antes de ser dada por concluída a primeira parte, uma desatenção da defesa do Tondela podia ter criado o segundo do F. C. Porto, com Fernando Andrade a aparecer sozinho à frente do guarda-redes, mas o remate em jeito e sem força foi facilmente defendido por Cláudio Ramos.

O Tondela começou a segunda parte com mais iniciativa e com vontade de disputar a partida, mas, aos 52 minutos, os azuis e brancos marcaram o segundo. Óliver Torres aproveitou um alívio da defesa do Tondela para fora da área e, num remate de primeira e com força, ampliou a vantagem, quase um ano depois do seu último golo no campeonato.

Com a desvantagem de dois, o Tondela voltava a não conseguir sair do seu meio-campo e o F. C. Porto procurava o terceiro tento.

Depois de algumas oportunidades desperdiçadas pela equipa liderada por Sérgio Conceição, foi o Tondela que poderia ter marcado, aos 64 minutos, num lance confuso, em que Ricardo Costa, na grande área, não conseguiu chegar à bola e desviá-la para a baliza.

Dez minutos depois, o F.C. Porto ampliou a vantagem para 0-3. Após um cruzamento de Maxi Pereira, a defesa do Tondela conseguiu desviar, no primeiro poste, mas Brahimi, que tinha entrado poucos minutos antes, recebeu a bola desviada para o segundo poste e libertou para o toque certeiro de Herrera.

Com este resultado, o F. C. Porto leva 16 jogos consecutivos sem perder para o campeonato.