Comunicado

F. C. Porto repudia "patética vitimização" de Frederico Varandas

F. C. Porto repudia "patética vitimização" de Frederico Varandas

O clube azul e branco emitiu, este sábado, um comunicado, no qual acusa o presidente do Sporting, Frederico Varandas, de "atitudes provocatórias" e "patética vitimização".

"A F. C. Porto SAD repudia a patética vitimização do Sr. Frederico Varandas relativamente ao jogo de ontem. A feia imagem do futebol português transmitida para o mundo - que lamentamos e da qual partilhamos responsabilidades enquanto clubes dentro de campo - resulta essencialmente da atitude provocatória e insultuosa do Sr. Frederico Varandas desde o primeiro ao último minuto da sua visita ao Estádio do Dragão", pode ler-se na nota.

PUB

O clube azul e branco garantiu, ainda, que todos os incidentes ocorridos após o clássico no Dragão terão "o devido tratamento disciplinar desportivo" e negou qualquer agressão, deixando críticas à conferência de imprensa de Frederico Varandas.

"Todos os eventuais incidentes que possam ter o envolvimento de pessoas externas ao jogo serão alvo de inquérito interno e de clarificação, retirando-se devidas consequências. A F. C. Porto SAD não aceita as acusações que são feitas pelo Sr. Frederico Varandas e desmente quaisquer agressões, assumindo como natural qualquer reação humana ao triste espetáculo de propaganda eleitoral do Sr. Frederico Varandas e ao seu cínico cultivar de tensões, que possam ter merecido justa indignação de elementos da F. C. Porto SAD; Lamenta-se que Sr. Frederico Varandas se tenha prestado a fazer as declarações que fez na conferência de imprensa num momento em que os adeptos do clube visitante ainda se encontravam no recinto desportivo, servindo tais declarações tanto para apaziguar o ambiente do jogo como a gasolina serve para apagar incêndios", concluiu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG