Desporto

F. C. Porto vence Shakhtar e mantém-se na corrida para os oitavos

F. C. Porto vence Shakhtar e mantém-se na corrida para os oitavos

Depois de ter sido eliminado da Taça de Portugal, o F. C. Porto regressou aos triunfos. Derrotou o Shakhtar Donetsk para a Liga dos Campeões, com um golo de Hulk e um autogolo de Rat, e mantém-se na corrida para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões.

Um golo de Hulk, a dez minutos do fim, ajudou a selar o triunfo do F. C. Porto no terreno do Shakhtar Donetsk (0-2), onde só o Barcelona havia ganho para as competições europeias. Os dragões revelaram-se muito mais eficazes do que o adversário, que mandou duas bolas ao poste e obrigou o guarda-redes Helton a uma excelente exibição.

Os portistas ainda não estão no ponto ideal, mas fizeram uma exibição incomparavelmente melhor da que realizaram em Coimbra, sobretudo na segunda parte, na qual estiveram sempre em cima do conjunto ucraniano e, assim, construíram o triunfo.

Numa fase crucial para o treinador Vítor Pereira, depois da contestação no fim-de-semana, a equipa conseguiu um resultado moralizador e que pode funcionar como um bom ponto de partida para outros voos, sobretudo, quando recebem o Braga no fim-de-semana para o campeonato.

No onze, o treinador revolucionou ao manter Maicon a lateral direito, colocando Djalma numa das alas e Defour no meio-campo no lugar de Belluschi. Mas o herói acabaria por Hulk, ao dar a melhor sequência a um passe a rasgar de João Moutinho, sem contemplações quando apenas tinha o guarda-redes pela frente.

Aos 90 minutos, Rat marcou um autogolo perante a ameaça de Varela e depois de Maicon ter metido a bola na área com perigo.

Agora, o F. C. Porto precisa de ganhar ao Zenit, em casa, para se apurar rumo aos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. O sonho continua de pé.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG