Pavilhão João Rocha

F. C. Porto vence Sporting e empata final da Liga de basquetebol

F. C. Porto vence Sporting e empata final da Liga de basquetebol

O F. C. Porto incutiu, este domingo, a primeira derrota caseira do Sporting na presente temporada da Liga, com um triunfo por 81-69, que permitiu à formação azul e branca empatar a final da prova.

Jalen Riley, com 24 pontos, foi o melhor marcador do encontro, secundado pelo companheiro de equipa no F. C. Porto Larry Gordon, com 22, enquanto Travante Williams, com 20, e Diogo Ventura, com 17, foram as figuras do lado sportinguista.

Depois de dois jogos no Pavilhão João Rocha, em Lisboa, a decisão segue para o Dragão Arena, onde o F. C. Porto recebe os lisboetas na próxima sexta-feira e no domingo e, caso uma das formações vença as duas partidas, coroar-se-á campeã nacional.

PUB

Com vantagem do Sporting na final, depois da vitória arrancada 'a ferros' na sexta-feira, por 74-72, no primeiro jogo, desta feita foi o F. C. Porto a tomar conta das incidências da partida e partiu na frente do marcador, com Jalen Riley em evidência.

O base norte-americano revelou-se fundamental na fase inicial da partida, com dois triplos no primeiro parcial a marcar a diferença no resultado, que, aos 10 minutos, se encontrava a 12-18 para os dragões, o que obrigava o Sporting a responder.

A equipa verde e branca melhorou no segundo quarto e até passou para a liderança em duas ocasiões (22-21 e 27-26), mas não passaram de meras tentativas, pois o F. C. Porto conseguiu aguentar-se e manter uma vantagem segura de cinco pontos (34-29) no final da primeira parte.

O resultado ao intervalo espelhava, mais uma vez, as defesas a sobreporem-se aos ataques, mas, à semelhança do primeiro jogo, os 'dragões' entraram de forma fulgurante na segunda parte e 'dispararam', com notável eficácia nos 'triplos'.

A chave acabou por se cifrar nessa eficácia dos lançamentos de três pontos, uma vez que o Sporting apenas acertou quatro em 24, um registo que explica o resultado com que se chegou ao final do terceiro período (63-49), favorável aos portuenses.

O Sporting ainda encetou uma boa recuperação e reduziu para quatro pontos a diferença, mas insuficiente para resgatar o triunfo, pois os 'azuis e brancos' desfizeram as dúvidas com pouco tempo para o final, que se concluiu com uma vitória por 81-69.

Ficha de jogo:

Jogo realizado no Pavilhão João Rocha, em Lisboa

Sporting -- F. C. Porto, 69-81

Ao intervalo: 29-34

Sob a arbitragem de Carlos Santos, Sónia Teixeira e Pedro Rodrigues, as equipas alinharam e marcaram:

Sporting (69): Diogo Ventura (17), Travante Williams (20), James Ellisor (11), João Fernandes (3) e John Fields (13). Jogaram ainda, Shakir Smith (3), Micah Downs (2), Pedro Catarino e Diogo Araújo

Treinador: Luís Magalhães

F. C. Porto (81): Brad Tinsley (6), Jalen Riley (24), Larry Gordon (22), Garrett Nevels (9) e Eric Anderson (4). Jogaram ainda, Miguel Queiroz (12), Pedro Pinto (1), João Torrie, João Soares (3), Vladyslav Voytso e Ricardo Neves

Treinador: Moncho López

Marcha do marcador: 12-18 (10 minutos), 29-34 (intervalo), 49-63 (30) e 69-81 (resultado final)

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG