Taça da Liga

Farense vence Chaves nos últimos minutos

Farense vence Chaves nos últimos minutos

O Farense venceu (2-1), este sábado, o Desportivo de Chaves, graças a um golo de Mancha aos 88 minutos, e garantiu a continuidade na Taça da Liga.

Com as duas equipas claramente ainda fora de ritmo, os algarvios, recém despromovidos da Liga, tentaram, mas sentiram dificuldades em ter bola e comandar o jogo na primeira parte.

As muitas recuperações deixaram os flavienses confiantes no encontro, mas a formação orientada por Vítor Campelos falhou constantemente no último passe e poucas situações de golo criou.

Do outro lado, as incursões do Farense eram mais perigosas, muito graças às subidas do lateral Alex Pinto, que serviu aos 25 minutos para Fabrício Isidoro obrigar Paulo Vítor a defesa a meias com o poste.

Aos 39, Madi Queta falhou o desvio na área e Lucca atirou de longe para mais uma boa defesa do guarda-redes da casa.

Apesar do controlo do encontro permanecer do lado da equipa da casa, o Farense manteve-se mais perigoso no ataque no arranque do segundo tempo e acabou por ser recompensado.

Na sequência de uma jogada de insistência, aos 51 minutos, Vasco Lopes, pela direita, descobriu Paulo Henriques ao segundo poste e o avançado marcou de cabeça.

PUB

O golo espicaçou os transmontanos no ataque que à primeira oportunidade não desperdiçaram. Aos 63 minutos, Batxi, que tinha sido lançado ao intervalo, lançou João Correia com o lateral a ir à área contrária marcar de cabeça.

O técnico Vítor Campelos procurou refrescar a equipa de Chaves com cinco alterações, mas o Farense mostrou mais experiência nos instantes decisivos.

De bola parada, Lucca serviu o central Mancha de bandeja que de cabeça fez o 2-1 decisivo que garante a passagem à equipa do sul.

Ficha de jogo:

Jogo no Estádio Municipal Eng.º Manuel Branco Teixeira, em Chaves

Desportivo de Chaves - Farense: 1-2

Ao intervalo: 0-0

0-1, Paulo Henrique, 51 minutos; 1-1, João Correia, 63; 1-2, Mancha, 88

Equipas:

Desportivo de Chaves: Paulo Vítor, João Correia, Luís Rocha, Alexsandro, Bruno Langa (Bruno Teles, 85), Kevin Pina, Nuno Coelho, João Teixeira (Nicolas, 71), Wellington (João Mendes, 71), Juninho (Batxi, 46) e Patrick (Platiny, 85)

(Suplentes: Samu, Nuno Campos, Rúben, Nicolas, Batxi, João Mendes, Bruno Teles e Platiny)

Treinador: Vítor Campelos

Farense: Defendi, Alex Pinto, Mancha, Bura, Abner, Amine, Lucca, Madi Queta (Elves Baldé, 58), Fabrício Isidoro, Vasco Lopes (Mayambela, 69) e Pedro Henrique (Gut, 90)

(Suplentes: Ricardo Velho, Gut, Mayambela, Miguel Bandarra, Henrique, Loide Augusto, Elves Baldé, Paollo e Mica)

Treinador: Jorge Costa

Árbitro: Rui Lima (AF Braga)

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Fabrício Isidoro (32), Agner (51) e Lucca (63)

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG