Nacional - Farense

Pedro Mendes vai do céu ao inferno em três minutos

Pedro Mendes vai do céu ao inferno em três minutos

Avançado faz o 2-2 e logo a seguir marca na própria baliza. Primeira vitória de Jorge Costa

O Farense saiu da Choupana com três pontos e fugiu do último lugar da tabela. O Nacional ainda empatou a partida, mas os algarvios chegaram à vitória com um autogolo de Pedro Mendes, reforço de inverno da equipa alvinegra.
Os madeirenses entraram fortes na partida, dominaram, mas o Farense reagiu nos momentos finais da primeira parte e poderia ter ido para intervalo já a vencer, não fosse uma grande defesa de Piscitelli.

No segundo tempo, o Farense comandou e conquistou de seguida cinco cantos. No último, André Pinto cabeceia para golo. Aos 62 minutos, os madeirenses perderam a bola a meio-campo e Ryan Gauld ampliou a vantagem.

O Nacional reagiu e Vigário, de fora de área, reduziu para 1-2. O jogo estava emotivo e, aos 85 minutos, Pedro Mendes fez o empate, num desvio de cabeça. Três minutos depois, o mesmo Pedro Mendes, após um livre, fez autogolo. Foi como viajar do céu ao inferno.

O Farense cerrou fileiras, sofreu até ao fim, mas festejou um saboroso triunfo que o afasta do último lugar da tabela classificativa.

Veja o resumo do jogo:

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG