Futebol

FC Barcelona fecha primeira volta com recorde de 55 pontos, ao vencer em Málaga

FC Barcelona fecha primeira volta com recorde de 55 pontos, ao vencer em Málaga

O líder FC Barcelona fechou, este domingo, a primeira volta da Liga espanhola de futebol com um recorde de 55 pontos, em 57 possíveis, ao vencer em Málaga por 3-1, em encontro da 19.ª jornada da prova.

O argentino Lionel Messi, tetra Bola de Ouro, foi, uma vez mais a figura do encontro, ao inaugural o marcador, aos 27 minutos, apontando o seu 28.º golo na competição, e assistir Cesc e Thiago para os outros tentos, aos 50 e 82.

O "Barça" somou, assim, o 18.º triunfo, em 19 jogos, num campeonato em que cedeu apenas um empate, na receção ao Real Madrid (2-2), e venceu todos os jogos disputados fora.

Por seu lado, o suplente Diego Buonanotte apontou aos 89 minutos, de livre direto, o tento do adversário do FC Porto nos oitavos de final da Liga dos Campeões.

A formação catalã está cada vez mais perto de somar o quarto título em cinco anos, já que manteve 11 pontos de vantagem sobre o Atlético de Madrid, vencedor por 2-0 na receção ao Saragoça, e já 18 face ao campeão Real Madrid.

O médio luso Tiago marcou o primeiro dos "colchoneros", de cabeça, na sequência de um canto apontado por Gabi, aos 31 minutos, e acabou por ser substituído aos 65, já depois do colombiano Falcao ter sentenciado o embate, de grande penalidade, aos 38, apontando o seu 18.º tento na prova.

No sábado, o Real Madrid, de José Mourinho, ficou-se por um "nulo" no reduto do "lanterna vermelha" Osasuna, num embate em que atuou sem Cristiano Ronaldo e também Pepe e Sérgio Ramos.

PUB

Nos outros jogos de hoje, o Deportivo da Corunha manteve a invencibilidade na curta "era" Domingos Paciência, ao empatar 1-1 no reduto da Real Sociedad, onde Pizzi marcou.

O internacional luso faturou, aos 27 minutos, mas, em "cima" do intervalo, o mexicano Carlos Vela restabeleceu a igualdade, que se manteve até final, apesar de os forasteiros terem ficado reduzidos a 10, por expulsão do ex-"leão" Evaldo, aos 64.

O Deportivo, que tinha ganho na última ronda o primeiro encontro sob o comando do treinador português Domingos Paciência (1-0 ao Málaga), passou a somar 16 pontos, igualando provisoriamente o Granada no 16.º lugar.

Em San Sebastian, o "Depor" apresentou quatro portugueses (Zé Casto, Bruno Gama e Pizzi, que jogaram os 90 minutos, e André Santos, substituído aos 66) de início, sendo que Domingos lançou ainda Nélson Oliveira (aos 63) e o reforço Sílvio (aos 66).

Por seu lado, o Bétis recebeu e bateu o Levante por 2-0, com tentos do costa-riquenho Joel Campbell, aos sete minutos, e Ruben Castro, aos 63.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG