Desporto

F.C. Porto processa judicialmente jornal "Marca"

F.C. Porto processa judicialmente jornal "Marca"

O F. C. Porto anunciou, esta quarta-feira, que irá processar judicialmente o jornal espanhol "Marca" e o autor da notícia que relatou um alegado jantar entre os dirigentes do clube com o árbitro do jogo F.C. Porto-Villarreal.

Depois de um comunicado publicado no site do clube, Rui Cerqueira, director de comunicação do F.C. Porto, anunciou em Villarreal, antes da conferência de Imprensa do treinador André Villas-Boas, que o clube vai avançar com uma queixa judicial ao jornal "Marca" e ao jornalista que relata um alegado jantar entre dirigentes portistas e o juiz holandês Bjorn Kuipers, num restaurante de Matosinhos. Foi esse o árbitro do F. C. Porto-Villarreal, da primeira mão das meias-finais da Liga Europa.

"Dada a falsidade das informações hoje reveladas pelo jornal Marca e sabendo com que propósito foram feitas, o F. C. Porto decidiu processar judicialmente o órgão de comunicação e o jornalista que escreveu a falsa notícia", disse o director de comunicação dos azuis e brancos, explicando que aquela seria a última vez que o clube iria falar sobre o assunto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG