Desporto

F.C. Porto sofre para vencer o Nacional

F.C. Porto sofre para vencer o Nacional

Depois de ter empatado com a Académica (1-1), o F. C. Porto regressou aos triunfos no campeonato. Venceu o Nacional com um golo de Janko e outro de Alex Sandro mantém-se firme na liderança.

Não foi nada fácil o jogo do F. C. Porto na Madeira. Aliás, para se ter uma ideia, o guarda-redes Helton foi um dos melhores em campo e salvou os dragões nos instantes finais. O problema é que a equipa orientada por Vítor Pereira desperdiçou várias oportunidades que podiam ter sentenciado o jogo mais cedo, acabando por ser o tento de Janko, aos 21 minutos, e o golo de Alex Sandro, nos descontos, a fazer a diferença. O primeiro a aproveitar um mau alívio do defesa João Aurélio; o segundo na sequência de uma recarga, depois de uma defesa incompleta do guarda-redes.

O campeão nacional produziu uma exibição mais consistente do que no desafio com os estudantes, mas não produziu, contudo, um jogo de encher o olho. Na reta final do encontro, Rolando e Maicon, no mesmo lance, acertaram com a bola no ferro da baliza, o que também demonstra alguma falta de sorte. Com o meio campo a funcionar, os dragões terminaram por cima no primeiro tempo, mas sentiram dificuldades depois do intervalo quando Pedro Caixinha mexeu na equipa para dar-lhe mais acutilância.

Mesmo sem Hulk e Fernando, dois jogadores muito importantes na dinâmica, a equipa portista sobreviveu e passou por um mau bocado. Nos descontos, Alex Sandro marcou o golo da tranquilidade.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG