Futebol

Fernando Gomes descarta F. C. Porto depois da Federação

Fernando Gomes descarta F. C. Porto depois da Federação

O líder federativo aponta que a presidência da Federação Portuguesa de Futebol será o seu último cargo no futebol e praticamente fecha a porta à presidência dos dragões.

Fernando Gomes está convencido de que não voltará ao F. C. Porto e que a presidência da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) será o seu último papel no futebol.

"Ser presidente do F. C. Porto? Em tudo na vida há um tempo para as coisas acontecerem. Depois deste trajeto na Federação Portuguesa de Futebol, tendo contribuído de forma tão sistemática para o engrandecimento do futebol como uma atividade, acho que o tempo da minha relação com o futebol terá terminado", referiu o líder federativo, em entrevista ao programa da RTP "Primeira Pessoa".

Fernando Gomes, que foi dirigente dos dragões durante vários anos, desmentiu ainda rumores que o dão como candidato à presidência da UEFA e, numa altura em que a presença de Portugal no próximo mundial está em aberto, assumiu um sonho por concretizar.

"O sonho comanda a vida. Se não sonharmos que somos capazes, não estamos aqui a fazer nada. Temos claramente o sonho de, um dia, podermos ser campeões do Mundo", frisou.

Recorde-se que esta terça-feira foi apresentado o livro "Fernando Gomes - 10 Anos de Presidência da FPF", que simboliza a primeira década do dirigente no cargo que ocupa desde dezembro de 2011.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG