Seleção

Fernando Santos: "Apoio dos adeptos é fundamental"

Fernando Santos: "Apoio dos adeptos é fundamental"

O selecionador nacional sopra esta quinta-feira 65 velas e não pede outra prenda que não seja a total concentração da equipa na fase decisiva de qualificação para o Euro-2020. Santos apela a todos os cuidados na receção ao Luxemburgo, esta sexta-feira (19.45 horas), em Alvalade, e pede o apoio dos adeptos. "É fundamental".

"Os dois jogos que o Luxemburgo fez em casa perdeu nos descontos, com autogolos. Foi muito injusto. Outro jogo que a equipa já viu foi o Ucrânia-Luxemburgo, que acabou 1-0 e no qual o Luxemburgo voltou a mostrar muito valor. É uma equipa que defende bem, que cria oportunidades de golo. E servida por bons jogadores, que jogam em bons campeonatos estrangeiros. Merece-nos todo o respeito", afirmou Fernando Santos, na conferência de imprensa de lançamento da partida, decorrida ao início da tarde desta quinta-feira, na Cidade do Futebol, em Oeiras.

O selecionador viu-se obrigado a dispensar dois jogadores de primeira escolha, Rafa e William Carvalho, ambos lesionados, mas nem por isso se queixa. E muito menos adianta quem tomará as vagas na equipa que subirá ao relvado de Alvalade.

Escalado em cima da hora, já esta madrugada, para render William, o médio André Gomes (Everton) poderá ser alternativa, mas a primeira opção deverá recair em Danilo. Outro médio que joga em Inglaterra, Ruben Neves (Wolverhampton), deverá completar a engrenagem do meio-campo. Fernando Santos não confirma e só observa a "confiança em todos".

"A ausência do William é certa. É ponto final. Tenho total confiança nos jogadores que cá estão para conquistar a vitória", disse o selecionador.

Após o jogo com o Luxemburgo, os campeões europeus deslocam-se a Kiev, para defrontar, na segunda-feira, a seleção da Ucrânia, que lidera o grupo B.

Em caso de vitória nos dois jogos e se a Sérvia não vencer na Lituânia, também na segunda-feira, Portugal garante logo um lugar na fase final do próximo Europeu e mantém-se na luta pelo primeiro lugar do grupo com os ucranianos.

A Ucrânia lidera o grupo com 13 pontos, seguida de Portugal, que tem oito, mas menos um jogo. A Sérvia é terceira, com sete, à frente do Luxemburgo, que tem quatro, e da Lituânia, com um.