Euro2020

Fernando Santos: "Ninguém desejava estas equipas"

Fernando Santos: "Ninguém desejava estas equipas"

No rescaldo do sorteio do Euro2020, Fernando Santos falou de "dois favoritos e um candidato" e afirmou que a França e a Alemanha eram os adversários menos desejados.

"Ninguém desejava estas equipas [França e Alemanha]. Portugal não desejava, mas também Alemanha e França não desejavam Portugal. Do terceiro pote, ninguém queria Portugal. Foi o sorteio. Juntou dois favoritos e um candidato. Vamos preparar bem o torneio, vamos ver o que vai dar e lembrar que ainda há uma quarta equipa, que não sabemos quem será", começou por dizer o selecionador.

Campeão Europeu em 2016, Fernando Santos acredita que Portugal poderá fazer uma boa campanha no próximo Europeu e afirmou que a equipa das quinas tem de acreditar na possibilidade.

"Tinha um 'feeling' de que este podia ser o nosso grupo. Pensei que podia acontecer e aconteceu. Não é por apanhar Alemanha e França que deixamos de ser candidatos. Estas equipas conhecem-se bem. Vai ser um confronto entre três grandes equipas. São os três últimos vencedores das três grandes provas. Será um grupo forte, dois favoritos e um candidato. Pode ser que o primeiro jogo seja uma repetição do Euro2016, se ganhar a Islândia o grupo do play-off. Vamos acreditar nas nossas possibilidades e podemos vencer. Todos têm a sua responsabilidade. Há quatro equipas favoritas pelo seu historial e valor. Estas são duas dessas quatro e Portugal é um candidato e tem as suas chances", disse à SporTV.

Portugal já conhece dois dos três adversários que vai defrontar na fase final do Euro2020, competição que decorrerá, pela primeira vez, em 12 cidades de 12 países. O sorteio deste sábado, em Bucareste, atribuiu o grupo F à equipa das quinas, o mesmo de França e Alemanha.

Quanto ao terceiro adversário, Portugal só o conhece em 2020: será o vencedor do play-off A (Islândia, Bulgária, Hungria ou Roménia). No entanto, caso a Roménia vença o play-off, passa a pertencer ao grupo C, por ser anfitriã. Assim, a Seleção Nacional defrontaria o vencedor do play-off da Liga D (Macedónia do Norte, Kosovo, Bielorrússia e Geórgia).

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG