Mundial2022

Fernando Santos: "Talvez não tenha conseguido passar a mensagem"

Fernando Santos: "Talvez não tenha conseguido passar a mensagem"

No rescaldo da derrota diante da Sérvia, o selecionador nacional admitiu que o jogo deste domingo "não foi melhor" do que o de quinta-feira, com a República da Irlanda.

"Não foi melhor. Parecia que ia ser, mas não foi. Fizemos o golo, tivemos os momentos iniciais. Mas depois começámos a baixar muito as linhas. Passamos a sentir dificuldade em chegar ao adversário. Tivemos sempre muita dificuldade. Os jogadores tentaram. Mas depois não ligámos o jogo. E sempre que ligamos, criamos problemas. Mas, na maior parte das vezes, não conseguimos", começou por dizer Fernando Santos, salientando que a Sérvia "foi melhor".

"O que disse aos jogadores é que eles defendiam bem mas que nós, quando tivéssemos bola, tínhamos de criar mais. Talvez não tenha conseguido passar a mensagem. Ao intervalo, expliquei o que se estava a passar no jogo. O jogo ficou mais equilibrado. Não houve tanta dificuldade. Criámos duas ou três situações de golo. Mas a Sérvia foi melhor. Nós tentámos. O nosso ADN é para ter a bola no pé e jogar. O Bernardo Silva quis bola, mas foi o único. Jogámos com receio e ansiedade. A responsabilidade é minha", atirou, garantindo que, apesar do desaire, Portugal vai estar no Mundial.

"Vamos estar no Catar. Sabemos que não fizemos o que devíamos mas vamos lá estar. Sempre jogámos para ganhar e pensar no momento ofensivo. Mas nem sempre sai como queremos. E a responsabilidade é minha", concluiu.

A seleção nacional perdeu (1-2), este domingo, no Estádio da Luz, diante da Sérvia no último jogo do Grupo A e não conseguiu garantir a qualificação direta para o Mundial2022.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG