Exclusivo

Ficam ou saem? Fim dos contratos deixam dragões e leões mais desarmados

Ficam ou saem? Fim dos contratos deixam dragões e leões mais desarmados

O maior lote de jogadores a um ano do fim do vínculo verifica-se no F. C. Porto e no Sporting. O Benfica está despreocupado e o Braga sem motivo para alarme.

F. C. Porto e Sporting são, do lote dos quatro primeiros do último campeonato, as duas equipas que têm maior número de jogadores que, a partir de quinta-feira, entram no último ano contratual.

No caso dos dragões, Jesús Corona é o caso mais mediático. O médio mexicano, que tem sido associado a clubes como o Arsenal e o Sevilha, tem uma cláusula de rescisão de 30 milhões de euros e, a menos que renove ou seja transferido, dentro de meio ano poderá tratar do próprio futuro e, no verão de 2022, sair a custo zero.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG