Futebol

FIFA anuncia que contratos prolongam-se até ao "final real" da época

FIFA anuncia que contratos prolongam-se até ao "final real" da época

A FIFA comunicou esta terça-feira um conjunto de medidas para conciliar o que resta jogar esta temporada e a preparação com as necessidades dos clubes.

A FIFA comunicou esta terça-feira um conjunto de medidas que visa normalizar o futebol durante e depois da paralisação provocada pela pandemia do coronavírus.

Neste sentido, a entidade que rege o futebol mundial deliberou que "um contrato a terminar a 30 de junho deve ser prolongado até ao final "real" da temporada" e que "um acordo que começará na próxima temporada deve apenas iniciar-se no arranque "real" da temporada 2020/2021". Nos casos em que as épocas sejam sobrepostas, a prioridade é para a equipa que detinha os direitos do futebolista no início da época atual.

Por outro lado, em relação a cortes salariais e lay-offs, a FIFA aconselha "clubes e funcionários a trabalhem juntos para encontrar acordos coletivos apropriados num clube ou liga" e que refere que "rescisões unilaterais de variar acordos somente serão reconhecidas quando são feitos de acordo com a lei nacional ou são permitidos dentro de estruturas de acordos coletivos de descontos ou outro mecanismo de acordo coletivo".

Sobre os períodos de transferências, a FIFA refere que será "flexível" e que "permitirá que as janelas de mercado sejam ajustadas ao final da presente época e ao início da próxima".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG