O Jogo ao Vivo

Desporto

FIFA manifesta apoio total à Rússia na organização do Mundial de futebol de 2018

FIFA manifesta apoio total à Rússia na organização do Mundial de futebol de 2018

A FIFA apoia incondicionalmente as autoridades russas na organização do Mundial de futebol de 2018 e opõe-se a um eventual boicote à competição motivado pela crise na Ucrânia, anunciou o presidente do organismo, Joseph Blatter.

"Apoiamos incondicionalmente o Mundial na Rússia, temos confiança no país e nas suas autoridades", afirmou Blatter, durante a cerimónia de apresentação do logotipo oficial, que decorreu em Moscovo.

Segundo o presidente da FIFA, assim que o organismo recebeu pedidos da América do Norte, a pedir a retirada do Mundial à Rússia, a resposta foi imediata: "trata-se de uma questão de futebol".

Blatter manifestou-se satisfeito com os progressos nos preparativos para o Mundial, que deverá realizar-se em 11 cidades russas.

"Posso afirmar que, em comparação com o Brasil [país organizador do Mundial2014], a Rússia está bastante mais avançada em termos organizativos", afirmou.

O presidente da FIFA afirmou ainda que não há qualquer intenção de anular a realização do jogo de atribuição dos terceiro e quarto lugares, considerando-o "importante e espetacular para o torneio".

Joseph Blatter admitiu a possibilidade de a cerimónia de abertura ser realizada um dia antes do encontro inaugural.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG