Futebol

FIFA marca cimeira mundial para "garantir o futuro do futebol"

FIFA marca cimeira mundial para "garantir o futuro do futebol"

Gianni Infantino voltou a insistir na ideia e na necessidade de haver um Mundial a cada dois anos, mas assegurou que o mesmo não avançará "sem uma solução que satisfaça a todos".

Após uma reunião esta quarta-feira, a FIFA anunciou uma cimeira mundial para 20 de dezembro onde se tentará decidir um novo calendário para o futebol.

Na conferência de imprensa, o presidente Gianni Infantino, o principal impulsionador da ideia de realizar o Campeonato do Mundo de dois em dois anos e não de quatro em quatro, como acontece atualmente, explicou a iniciativa com a necessidade de "o futebol continuar a melhorar".

"A 20 de dezembro, o mundo do futebol está convocado para uma cimeira. Todos estão convocados para falar e tentar chegar a um acordo em relação a uma nova calendarização, algo que é necessário. É preciso garantir o futuro do futebol, ter jogos mais interessantes e assegurar que os adeptos continuem atraídos pelo jogo. Não falo de negócio, mas de desporto. Chegou o momento de ter um novo calendário, não com mais jogos, mas com melhores competições", referiu Infantino.

Para o dirigente, o Mundial de dois em dois anos insere-se nesta ideia, garantindo, contudo, que só haverá mudanças se "todos beneficiarem com elas".

"O meu trabalho é unir, não é dividir. É importante escutar todas as partes e perceber as implicações. Apresentamos a proposta e várias federações europeias concordaram. A maioria das modalidades acrescentaram jogos e competições ao calendário e agora chegou a vez da FIFA. É preciso atrair os jovens", acrescentou Gianni Infantino.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG