Futebol

Final da Taça de Portugal antecipada um dia para não coincidir com eleições

Final da Taça de Portugal antecipada um dia para não coincidir com eleições

A final da Taça de Portugal de futebol vai ser antecipada uma dia, para 25 de maio, de forma a não coincidir com as eleições europeias, confirmou à Lusa fonte do gabinete do secretário de Estado da Juventude e Desporto.

Em declarações reproduzidas este sábado no jornal Público, João Paulo Rebelo deu conta do acordo alcançado com a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) para a realização do jogo no sábado, véspera das eleições, e também com a Liga de clubes para que, na próxima época, não haja campeonatos no fim de semana das eleições legislativas, marcadas para 6 de outubro.

"No desenrolar da sua atividade normal quer com o FPF quer com a Liga, houve sensibilização das entidades organizadoras e estamos em condições de garantir que nem no dia das eleições europeias nem no dia das eleições legislativas haverá coincidência com jogos de futebol", disse o secretário de Estado.

As três eleições mais recentes, europeias em 2014, legislativas em 2015 e autárquicas em 2017, coincidiram com datas de jogos de futebol. Nas últimas, houve no mesmo dia um "clássico" Sporting-FC Porto a contar para a I Liga.

"Chegou-se a um entendimento sem necessidade de qualquer imposição legal", completou João Paulo Rebelo.