Surf

Fonseca, Hopkins e Bonvalot nas 'meias' do quadro principal dos Jogos Mundiais

Fonseca, Hopkins e Bonvalot nas 'meias' do quadro principal dos Jogos Mundiais

Guilherme Fonseca, ​​​​​​​Yolanda Hopkins e Teresa Bonvalot qualificaram-se na quinta-feira para as meias-finais do quadro principal dos Jogos Mundiais da Associação Internacional de Surf (ISA), enquanto os três surfistas que estavam nas repescagens foram eliminados.

Em Huntington Beach, nos Estados Unidos, Guilherme Ribeiro e Frederico Morais caíram na sexta ronda do quadro de repescagens masculino e Francisca Veselko na quinta eliminatória feminina.

Os três representantes lusos ainda em prova vão disputar as meias-finais do quadro principal - segue-se a final do quadro e a finalíssima frente aos 'sobreviventes' da repescagem.

PUB

Teresa Bonvalot, medalha de bronze nos Mundiais de 2021, e Yolanda Hopkins, vice-campeã do mundo no ano passado, que na quarta ronda foram segundas nas respetivas baterias, com 6,67 e 13,47 pontos, vão enfrentar-se no primeiro 'heat' da quinta ronda, juntamente com a australiana Sally Fitzgibbons, a detentora do título dos Jogos Mundiais, e a peruana Daniella Rosas.

Também Guilherme Fonseca avançou na prova com o segundo lugar na sua bateria, com 12,07 pontos, sendo apenas batido pelo japonês Kanoa Igarashi, vice-campeão olímpico em Tóquio2020, que somou 13,87.

O surfista de Peniche, de 25 anos, vai disputar o acesso à final do quadro principal frente ao peruano Lucca Mesinas e ao norte-americano Kolohe Andino.

Pelo caminho ficaram Guilherme Ribeiro e Frederico Morais, que não foram além dos terceiros e últimos lugares nas respetivas baterias da sexta eliminatória das repescagens, com pontuações de 8,86 e 11,3.

Nas repescagens femininas, 'Kika' Veselko ainda superou a quinta ronda, com o segundo lugar na bateria, com 10,83 pontos, mas caiu na sexta, com 8,77, atrás da espanhola Nadia Erostarbe (9,9) e da francesa Vahiné Fierro (9,83), concluindo a competição entre as 17.ªs classificadas.

Portugal luta pelo primeiro título mundial nos Jogos Mundiais de Surf da ISA e pelas primeiras duas vagas olímpicas, na competição que decorre na Califórnia até sábado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG