F. C. Porto

Francisco Conceição admite que "sofre mais" por ter o pai como treinador

Francisco Conceição admite que "sofre mais" por ter o pai como treinador

O jogador do F. C. Porto Francisco Conceição não escondeu a felicidade com a conquista do campeonato nacional e admitiu que com o pai como treinador "sofre-se mais".

Depois de se ter sagrado campeão nacional na jornada anterior, o F. C. Porto recebeu, este sábado, a Taça de campeão nacional no Estádio do Dragão e Francisco Conceição foi um dos que realizou o sonho de juntar o troféu ao palmarés. O atleta, de 19 anos, considerou que a equipa azul e branca mereceu o título e não escondeu que com o pai como treinador "sofre-se mais" por querer defender o legado.

"É um sonho tornado realidade, poder com o meu clube do coração ganhar este título. É o culminar de um ano de trabalho que merecemos muito, trabalhámos muito. Ter o pai como treinador? Sofre-se mais, não posso dizer que não. Esse lado está sempre presente, mas tento concentrar-me no que fazer no campo. Duras em casa? Algumas, mas evitamos falar de futebol, aproveitamos para relaxar", afirmou.

O F. C. Porto venceu (2-0), este sábado, o Estoril, no Estádio do Dragão, na 34.ª jornada da Liga. Joãozinho, na própria baliza, e Fernando Andrade marcaram os golos. Equipa azul e branca estabeleceu um novo recorde de pontos e vai agora ser recebida na câmara. Com este triunfo, a equipa de Sérgio Conceição somou 91 pontos, estabelecendo o novo máximo de pontos na Liga, mais três do que os alcançados pelo F. C. Porto, em 2017/18, e pelo Benfica, em 2015/16.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG