F. C. Porto

Francisco J. Marques cáustico: "Um dia vão matar um jogador do F. C. Porto"

Francisco J. Marques cáustico: "Um dia vão matar um jogador do F. C. Porto"

Francisco J. Marques, diretor de Comunicação do F. C. Porto, utilizou as redes sociais para tecer duras críticas ao árbitro Fábio Veríssimo após o empate dos dragões na casa do Belenenses SAD, que ficou marcado pelo choque de Nanu com o guarda-redes adversário.

"Um dia vão matar um jogador do F. C. Porto mas não vai acontecer nada, porque Fábio Veríssimo vai achar legítima defesa. E o que dizer do critério disciplinar? Nem todos são Palhinhas", escreveu o responsável pela comunicação dos azuis e brancos na rede social Twitter, acompanhando a mensagem com um vídeo com imagens da partida.

Numa outra postagem, Francisco J. Marques aponta o que considera ser outro erro da arbitragem. "E esta joelhada no gémeo do Taremi, logo aos 12 minutos, num penálti que Rui Oliveira, na função VAR, devia ter indicado ao árbitro. Isto hoje foi um fartar vilanagem", salientou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG