Futebol

Francisco J. Marques: "Luciano Gonçalves faz a defesa certinha do Benfica"

Francisco J. Marques: "Luciano Gonçalves faz a defesa certinha do Benfica"

O diretor de comunicação e informação do F. C. Porto voltou à carga para criticar o presidente da APAF, acusando-o de ter uma "maior preocupação em defender o Benfica do que os árbitros", no rescaldo do caso da moeda que atingiu o árbitro Tiago Martins, no Benfica-V. Setúbal.

"O que temos visto é uma subserviência [de Luciano Gonçalves] às posições do Benfica e uma extrema agressividade às posições de outros clubes, particularmente às posições do F. C. Porto. Quando o Benfica critica a atuação de um árbitro, das duas uma: ou o senhor Luciano Gonçalves não surge a reclamar ou, se fala, vem com paninhos quentes, quase que a assumir a legitimidade da crítica desde que ela seja educada", começou por afirmar Francisco J. Marques, esta terça-feira, no Porto Canal.

E prosseguiu no mesmo tom: "O caso mais recente foi a ausência de defesa do árbitro Tiago Martins, ferozmente atacado pelo Benfica, de uma forma que não há memória na história do futebol português. É um clube a dizer que um árbitro está a mentir. Já vimos dirigentes dos mais variados clubes a reclamarem contra o trabalho do árbitro, ninguém está inocente nisso, mas nunca tínhamos visto um clube a pôr em causa a idoneidade do árbitro, acusando-o de falsificar um relatório. Foi isso que o Benfica fez. Uma acusação excecional deveria merecer também, do presidente da APAF, uma defesa excecional do árbitro Tiago Martins. E o que aconteceu? Publicamente nada".

Numa recente entrevista ao jornal "O Jogo", na resposta a uma questão sobre os ataques que Francisco J. Marques lhe tem feito, Luciano Gonçalves garantiu que o Benfica também já o acusou de defender os interesses do F. C. Porto. O diretor portista não deixou de comentar essa afirmação do presidente da APAF.

"Deve ter sido uma acusação em privado, porque se formos à internet não encontramos nada. O Benfica não acusa nem pode acusar o Luciano Gonçalves, porque o senhor Luciano Gonçalves tem feito sempre a defesa certinha do Benfica, até neste caso em que o Tiago Martins é protagonista involuntário, porque leva com uma moeda e o Benfica acusa-o de mentir", devolveu J. Marques.

Por fim, sobre o facto de Luciano Gonçalves se ter mostrado arrependido, na mesma entrevista, de ter pedido bilhetes ao Benfica, Francisco J. Marques reagiu assim: "Eu não sei se não é por causa de tudo isto que tem este comportamento, não sei se está refém de todas as ofertas que o Benfica em tempos lhe fez. Agora vem assumir a culpa, a dizer que agora não o faria. Falta aqui a consequência. Em qualquer país decente, a consequência só poderia ser a demissão. Há dois anos e meio, que na minha opinião, o senhor Luciano Gonçalves está a mais na APAF. Está ferido de morte".