Futebol

Francisco J. Marques: "O fabuloso destino dos amigos de Vieira"

Francisco J. Marques: "O fabuloso destino dos amigos de Vieira"

O diretor de Comunicação do F. C. Porto publicou, esta quarta-feira à noite, um "tweet" com um vídeo onde estabelece uma ligação entre Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, e antigos colaboradores envolvidos em casos judiciais. Com o título "O fabuloso destino dos amigos de Vieira", a animação usa a música "Quatro quadras soltas", de Sérgio Godinho, como fundo

O primeiro a ser visado é Rui Rangel, que é apelidado com "putativo presidente da Fundação Benfica", sendo recordado que foi demitido da magistratura por "corrupção e tráfico de influências".

A ligação seguinte é feita a José Veiga, apresentado como "diretor geral da SAD do Benfica sob a presidência de Vieira", que está "preso preventivamente por suspeitas de corrupção, branqueamento de capitais, tráfico de influências, participação económica em negócio e fraude fiscal".

Segue-se Paulo Gonçalves, "diretor jurídico sob a presidência de Vieira" que, recorda a publicação de Francisco J. Marques, está "pronunciado por corrupção".

Fernando Tavares é recordado como "vice de Vieira" e que é "arguido no Caso Lex que envolve crimes de corrupção, recebimento indevido de vantagem, branqueamento, tráfico de influências e fraude fiscal qualificada".

Já sobre José Carriço, "motorista de Vieira e diretor do departamento de apoio aos jogadores", foi "condenado a 7 anos e 8 meses de prisão por tráfico de droga", enquanto Lopes Moreira, "diretor do futebol sob a presidência de Vieira", está em "prisão preventiva, após nove anos em fuga, por suspeitas de burla e falsificação de documentos".