Inglaterra

Futebolista viciado no jogo perdeu 55 mil euros numa só aposta e agradece castigo

Futebolista viciado no jogo perdeu 55 mil euros numa só aposta e agradece castigo

Andros Townsend confessa-se e agradece por ter sido processado por causa da adição ao jogo online e suspenso pela Federação Inglesa de Futebol, em 2013. "Foi o que me salvou, como futebolista e como homem", disse o atacante do Crystal Palace.

"Não bebo. Não me drogo. Acho que nunca na minha vida entrei numa discoteca. Mesmo assim, consegui perder 55 mil euros só com um toque no meu telefone. E nem tive de sair do meu quarto. Devo ser o único tipo da história a perder 46 mil libras [ndr: 55 mil euros] deitado na cama numa quarta-feira à noite em Blackpool", conta Townsend, em texto assinado no site Players Tribune.

O craque do Crystal Palace viaja à origem do vício: "Lembro-me muito bem de onde estava quando fiz a primeira aposta. Estava aborrecido num hotel qualquer, na noite antes de um jogo e vi na televisão um anúncio de uma app de apostas. Fiz o download e uma pequena aposta para passar o tempo. Em poucos meses, já estava fora de controlo", diz Townsend.

"Quando estava no Birmingham - recorda o jogador -, na véspera da meia-final do playoff, estava deitado na cama, a tentar repousar. Era o maior jogo da temporada, mas eu não conseguia dormir. Pegava no telefone e fazias apostas. Nessa noite, perdi 46 mil libras".

Towsend foi apanhado no sistema de vigilância de apostas suspeitas e conta que foi isso que lhe salvou a carreira. "Graças a Deus que fui apanhado. Fui acusado pela FA e podia ser banido do futebol. Isso trouxe-me de volta à realidade. Felizmente, entendeu-se que não havia nada de irregular, apenas um erro estúpido de miúdo. Fiz terapia e isso salvou-me carreira, mas também me salvou como ser humano", rematou o agora jogador do Crystal Palace.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG