Covid-19

Futebolistas espanhóis pedem suspensão de todos os jogos

Futebolistas espanhóis pedem suspensão de todos os jogos

"Os jogadores são imunes?", pergunta Carvajal, que contesta a manutenção dos campeonatos profissionais, mesmo à porta fechada, quando todo o resto do futebol foi suspenso em Espanha. Associação de futebolistas pede interdição de toda a atividade.

Dani Carvajal já tinha erguido a voz, através das redes sociais, para se declarar contra a suspensão de todo o futebol em Espanha, à exceção dos jogos da primeira e da segunda ligas. "Os jogadores, os corpos técnicos e os funcionários dos plantéis da primeira e da segunda ligas são imunes?", perguntava o defesa do Real Madrid, carregando de ironia uma das "stories" que publicou no Instagram a respeito do Covid-19 e das implicações da pandemia na organização de competições desportivas.

Momentos depois, ao início da tarde desta quarta-feira, a própria Associação dos Futebolistas de Espanha (AFE) publicou um comunicado através do qual anuncia ter pedido à Liga e a Real Federação Espanhola de Futebol que suspendam todos os campeonatos nacionais.

"Tendo em conta [...] as recomendações da Organização Mundial de Saúde, não apenas no que concerne às atividades públicas, mas, sobretudo, à condição dos trabalhadores [...] pedimos expressamente a suspensão de todos os jogos, de todas as divisões e de todas as categorias, de ambos os géneros. Dada a atual situação, pensamos exclusivamente na saúde dos futebolistas", diz a AFE.

A associação contesta igualmente a realização dos jogos à porta fechada. "A ausência de público, por si só, não elimina os riscos de contaminação. Além disso, o facto de se jogar em estádios fechados ao público durante várias semanas falseia o sentido das competições desportivas", verifica a AFE.