O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Futuros "doutores" do pelotão conjugam livros com a bicicleta

Futuros "doutores" do pelotão conjugam livros com a bicicleta

Estudantes e ao mesmo tempo ciclistas tentam preparar o futuro profissional, antecipando o inevitável fim de carreira na modalidade

Fecharam os livros dos estudos por umas semanas, mas não descartam as ambições académicas. Assim acontece com vários dos jovens ciclistas deste pelotão da Volta a Portugal, que vão tentando conciliar a carreira profissional na modalidade com a frequência no ensino superior, numa conjugação que exige sacrifícios.

"As dificuldades vão aumentando na mesma medida que as responsabilidades do curso. Tento aproveitar a época baixa do ciclismo para estudar e vice-versa. Mas há sempre constrangimentos nos horários", partilhou, ao JN, André Ramalho, corredor da LA-Alumínios/Credibom/MarcosCar, que está a tirar um doutoramento em engenharia mecânica, na Universidade Nova de Lisboa. O futuro doutor confessou que já teve de levar os livros para algumas provas, para não perder o fio à matéria "estudando antes e depois da corridas", com o apoio dos colegas de equipa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG