Futebol

Gil Vicente derruba Rio Ave com golo aos 90+5

Gil Vicente derruba Rio Ave com golo aos 90+5

O Rio Ave foi, este sábado, derrotado pelo Gil Vicente, por 1-0, no jogo da última jornada da Taça da Liga, perdendo a oportunidade de se apurar para a final four da competição.

Sandro Lima, de grande penalidade, aos 90+5, fez o golo dos gilistas, que até já não tinham aspirações classificativas na competição, castigando a falta de eficácia dos vila-condenses ao longo do desafio, que, com a vitória do Sporting frente ao Portimonense, no outro desafio do grupo, precisavam de vencer para se apurarem.

Cedo se percebeu que a partida seria condicionada pelo forte vento que esta tarde se fez sentir no estádio dos Arcos, e que dificultou de sobremaneira a tarefa das duas equipas.

Os locais até começaram a jogar com a vantagem de terem a ventania pelas costas e, apesar de ganharem alguma velocidade na circulação da bola, não conseguiam traduzi-la em claras situações de golo.

Um remate de longe, logo aos quatro minutos, de Bruno Moreira, que o guardião gilista segurou, e um outro, de Diego Lopes, num livre, ainda antes do quarto de hora, que saiu um pouco ao lado, resumiram as oportunidades dos vila-condenses.

O Gil Vicente, com uma ação mais dificultada por jogar contra o vento, não fez melhor, e não fosse um remate de longe de Kraev, aos 20, que saiu lado, e pouco haveria a registar no atrevimento dos barcelenses.

Sabendo que apenas a vitória interessava para as aspirações na competição, o Rio Ave ainda tentou forçar o ritmo na parte final da primeira parte, mas a definição final foi sempre uma pecha para os comandados de Carlos Carvalhal, impondo o nulo com que se chegou ao intervalo.

Com a intempérie a dar algumas tréguas após o descanso, os donos do terreno regressaram ao jogo mais pressionantes, acercando-se da baliza gilista, mas não conseguindo melhor que um remate de Taremi, que Denis defendeu.

O Gil Vicente só conseguiu explorar com mais afinco os seus contra-ataques, quando o técnico do Rio Ave, Carlos Carvalhal, decidiu arriscar, tirando o lateral-direito Diogo Figueiras e lançou o extremo Carlos Mané, numa mexida que abriu brechas no corredor vila-condense, mas sem alterar o rumo do jogo.

Já depois de Taremi ter permitido uma boa defesa ao guarda-redes do Gil Vicente, o Rio Ave chegou mesmo a introduzir a bola na baliza contrária, aos 84, num remate de Lucas Piazon, mas que acabou anulado pelo árbitro André Narciso, por uma alegada falta prévia de Ronan sobre o guardião Denis.

Apesar dos muitos protestos dos homens da casa, a partida prosseguiu e, já nos descontos, uma má saída do guarda-redes Paulo Vítor, culminou numa falta sobre Leonardo para grande penalidade, que Sandro Lima, já ao 90+5, não desperdiçou para fixar o 1-0 final.

Ficha de jogo:

Jogo no Estádio do Rio Ave FC, em Vila do Conde.

Rio Ave - Gil Vicente, 0-1

Ao intervalo: 0-0

Marcadores:

0-1, Sandro Lima, 90+5 minutos (grande penalidade).

Equipas:

Rio Ave: Paulo Vítor, Diogo Figueiras (Carlos Mané, 58), Borevkovic, Aderllan Santos, Matheus Reis, Filipe Augusto, Tarantini (Lucas Piazon, 74), Diego Lopes, Nuno Santos, Bruno Moreira (Ronan, 58) e Taremi.

(Suplentes: Kieszek, Nélson Monte, Piazon, Vitó, Ronan, Carlos Mané e Pedro Amaral)

Treinador: Carlos Carvalhal.

Gil Vicente: Denis, Fernando Fonseca, Ygor Nogueira, Rúben Fernandes, Banguera, João Afonso, Claude Gonçalves, Kraev (Leonardo, 74), Romário Baldé (Samuel Lino, 64), Sandro Lima e Lourency (Erick, 80).

(Suplentes: Wellington, Soares, Erick, Juan Vila, Leonardo, Samuel Lino (76) e Ahamed Isaiah).

Treinador: Vítor Oliveira.

Árbitro: André Narciso (AF Setúbal).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Ygor Nogueira (67), Matheus Reis (79), Filipe Augusto (85) e Paulo Vítor (90+4)

Assistência: 2.574 espetadores.

Veja o resumo do jogo:

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG