Moreira de Cónegos

Aberto inquérito à atuação da GNR após agressão a repórter

Aberto inquérito à atuação da GNR após agressão a repórter

A GNR anunciou, esta quarta-feira, que foi determinada a abertura de um processo de inquérito para esclarecer as circunstâncias inerentes à atuação dos militares perante a agressão a um repórter de imagem no fim do jogo de segunda-feira entre Moreirense e F. C. Porto (1-1).

"A atuação da Guarda surgiu na sequência de um pedido de auxílio por parte de um operador de câmara de um órgão de comunicação social, tendo, nesse alinhamento, identificado os intervenientes na situação e os factos sido remetidos para o Tribunal Judicial de Guimarães", começa por esclarecer a GNR, em comunicado enviado hoje às redações, na sequência de dúvidas levantadas sobre a intervenção da força de segurança - Rui Rio lamentou aquilo que considerou ser "inação".

Para "promover, com total transparência e rigor, o cabal esclarecimento das circunstâncias inerentes à atuação dos militares" na situação em causa, "foi determinada a abertura de um processo de inquérito a correr pela Inspeção da Guarda", explica a GNR.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG