O Jogo ao Vivo

Palmeiras - Santos

Golo libertador do Palmeiras teve o dedo de Abel

Golo libertador do Palmeiras teve o dedo de Abel

Avançado foi aposta certa do treinador português na vitória sobre o Santos, na final da Taça dos Libertadores. Técnico sucede a Jorge Jesus.

Um golo de Breno Lopes, já no período de descontos, permitiu ao Palmeiras, comandado pelo português Abel Ferreira, bater o Santos, por 1-0 e arrecadar a Taça dos Libertadores.

Na terceira final entre equipas brasileiras, o "verdão" repetiu o feito de 1999, então sob o comando do ex-selecionador português Luiz Felipe Scolari, sucedendo a Jorge Jesus, que na temporada passada conquistara o mesmo troféu para o Flamengo.

Depois de um jogo bastante equilibrado, com muitas faltas e interrupções a quebrarem nitidamente o ritmo, a fase mais emotiva acabaria por ficar para os momentos finais. O árbitro, de nacionalidade argentina, havia concedido oito minutos de compensação, mas acabou por dar um total de 14 minutos de tempo extra, devido a uma confusão junto ao banco do Santos. Repentinamente, o técnico do peixe agarrou a bola, não deixou Marcos Rocha fazer o lançamento e tudo acabou com Cuca no chão e a ver o cartão vermelho!

Foi já com Cuca na bancada junto de adeptos santistas que o Palmeiras chegaria ao triunfo. Golpe de mestre de Abel Ferreira, que lançara Breno Lopes, a cinco minutos dos 90, no lugar de Gabriel Menino. Rony recebeu a bola na direita, cruzou bem para a grande área, onde apareceu Breno Lopes, ao segundo poste, a rematar de cabeça e enviar a bola ao canto esquerdo de John! Foi a loucura no seio do verdão.

Depois dos festejos do golo - estavam cerca de cinco mil adeptos na bancada - ainda houve três substituições, com o jogo a prolongar-se por mais cinco minutos, mas a vitória do Palmeiras estava garantida. Para trás ficara um jogo pouco emotivo, com os nervos à flor da pele e disputado sob calor intenso (33 graus no Rio de Janeiro).
As oportunidades de golo escassearam, o nulo foi subsistindo e foi quando já se adivinhava o prolongamento que o Palmeiras chegou à vantagem, dando um novo toque português ao título mais importante da América do Sul.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG