Taça da Liga

Golos madrugadores embalam Gil Vicente para vitória sobre o Nacional

Golos madrugadores embalam Gil Vicente para vitória sobre o Nacional

O Gil Vicente venceu, este domingo, o Nacional, por 2-0, em partida da segunda jornada do Grupo E da Taça da Liga, que os minhotos resolveram com dois golos madrugadores.

A equipa de Barcelos foi exímia nas bolas paradas, e depois de Vítor Carvalho ter inaugurado o marcador, aos quatro minutos, na sequência de um livre, Lucas Cunhas, alicerçou a vantagem, aos 16, através de um canto, numa partida em que os madeirenses só conseguiram reagir na segunda parte, mas sem acerto na finalização.

Com este resultado, os galos, que quebram uma série de seis jogos consecutivos sem vencer, e conseguem o primeiro êxito sobre a nova liderança do técnico Daniel Sousa, ascendem ao primeiro lugar do grupo, com quatro pontos.

PUB

Já o Nacional, que vinha de uma sequência de oito vitórias seguidas, a últimas das quais nesta competição, frente ao primodivisionário Portimonense, cai para o terceiro lugar da poule, com três pontos.

Embalado com esse sucesso na ronda inicial da prova, a formação insular até foi a primeira a criar perigo, num remate, ao lado, de Francisco Ramos, logo aos dois minutos, mas a eficácia estava do lado dos barcelenses, que aos quatro inauguraram o marcador, na sequência de um canto, desviado de cabeça por Vítor Carvalho.

O Nacional ainda tentou reagir à madrugadora contrariedade, num tiro, por cima, de João Aurélio, mas era o Gil Vicente que se revelava mais perigoso, e pouco depois do quarto de hora ampliou uma vantagem.

Em mais um lance de bola parada, desta feita num livre cobrado por Carraça, Lucas Cunha emendou de cabeça para o 2-0, aos 16, o mesmo minuto em que Vítor Carvalho, lesionado, tinha saído da equipa minhota.

O segundo golo dos nortenhos acabou por pesar na equipa da Madeira, que recuou e expôs-se aos ataques do Gil Vicente, com Fran Navarro e Pedro Tiba, num par de iniciativas a ameaçaram um terceiro golo.

A única reação dos madeirenses antes do intervalo surgiu num remate tímido de Pipe Gomez, aos 42, que o guarda-redes da casa Kritciuk segurou sem grande dificuldade, mantendo o 2-0 no tempo de descanso.

No reatamento surgiu bem melhor o Nacional, tentando, desde cedo, minimizar os 'estragos', com Pipe Gomez a dar um mote com um remate para defesa atenta de Kritciuk.

Os madeirenses tinham, nesta fase, um futebol muito mais envolvente, perante um Gil Vicente na expectativa, e que já depois da hora de jogo sofreu novo susto, num desvio Zé Manuel, que falhou o alvo por pouco.

O lance serviu, ainda assim, de alerta para os minhotos, que, pouco depois, em contra-ataque, tiveram as suas melhores chance desta etapa complementar, num remate ao lado de Murilo, e num cabeceamento da Fran Navarro.

No entanto, até ao final, foi o Nacional que mais vezes rondou a baliza contrária, embora com as mesmas pechas na finalização, que fizeram com que o 2-0 não se alterasse.

Ficha de jogo:

Jogo no Estádio Cidade de Barcelos, em Barcelos

Gil Vicente - Nacional, 2-0

Ao intervalo: 2-0

Marcadores:

1-0, Vítor Carvalho, 04 minutos, 2-0, Lucas Cunha, 16

Equipas:

Gil Vicente: Kritciuk, Carraça, Lucas Cunha, Rúben Fernandes, Adrían Marín, Vítor Carvalho (Aburjania, 16), Pedro Tiba, Fujimoto (Matheus Bueno, 80), Murilo (Bilel, 80), Fran Navarro (Boselli, 80) e Kevin Medina (Ali Alipour, 59)

(Suplentes: Andrew Silva, Aburjania, André Simões, Boselli, Ali Alipour, Matheus Bueno, Tomás Araújo e Danilo Veiga)

Treinador: Daniel Sousa

Nacional: Encarnação, João Aurélio (Luís Esteves, 74), Rafael Vieira (Clayton, 46), José Gomes (Bruno Gomes, 81), André Sousa, Francisco Ramos, Zé Manuel (Gustavo Silva, 74), Danilovic, Dudu, Carlos Daniel (Witi, 81) e Pipe Gomez

(Suplentes: Lucas França, Paulo Vítor, Bruno Gomrs, Luís Esteves, Witi, Clayton e Gustavo Silva)

Treinador: Filipe Cândido

Árbitro: Rui Costa (AF Porto)

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Rafael Vieira (14). Fran Navarro (31), Dudu (62), Danilovic (80) e Boselli (90+1)

Assistência: cerca 1.000 espetadores

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG