Desconfinamento

Governo confirma futebol, F1 e MotoGP sem público até maio

Governo confirma futebol, F1 e MotoGP sem público até maio

O Governo não vai arriscar e os jogos das Ligas Profissionais vão continuar vedados ao público pelo menos até maio, bem como os Grandes Prémios de Portugal de Moto GP e Fórmula 1.

A notícia foi avançada na quinta-feira pela edição online do "Expresso".

A pergunta foi colocada pelo semanário e o Governo esclareceu que até ao final do período de desconfinamento, isto é, 3 de maio, os encontros de futebol profissional, assim como, os de desportos motorizados "não terão público".

Pedro Proença, presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, tinha-se mostrado confiante de que a Liga e Liga 2 pudessem começar a ter público já a partir de 19 de abril, mas face a esta resposta governamental ficam desfeitas as dúvidas e os adeptos do desporto-rei terão de esperar mais algum tempo para poderem voltar a frequentar os estádios.

O desconfinamento está a ser feito de forma faseada, tendo começado a 15 de março e vai prolongar-se até 3 de maio, num processo que será reavaliado a cada 15 dias e está pendente da incidência e da transmissibilidade da covid-19, bem como de outros fatores.

Com a última jornada das competições profissionais marcada para 19 de maio a possibilidade de haver público nos estádios nos derradeiros jogos desta época é cada vez mais uma miragem.

PUB

O mesmo se passa com o motociclismo e o automobilismo, ambos a decorrerem no Autódromo internacional do Algarve. O Grande Prémio de MotoGP está marcado para 18 de abril, enquanto o de Fórmula 1 se disputa no domingo dia 2 de maio, um dia antes da data apontada para o fim do confinamento.

No ano passado, a Fórmula 1 teve público, mas a experiência não correu bem e foram várias as críticas apontadas ao Governo, pelo que, desta vez, este não está recetivo a ter espetadores nas bancadas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG