Covid-19

Governo italiano pede suspensão da liga de futebol

Governo italiano pede suspensão da liga de futebol

O ministro do Desporto de Itália, Vincenzo Spadafora, pediu hoje à federação italiana de futebol que suspenda os encontros da liga italiana, devido ao surto de Covid-19.

O governante disse apoiar uma declaração do presidente do sindicato dos futebolistas, Damiano Tommasi, que pediu que se evitasse colocar os jogadores em perigo de contágio.

"Não faz sentido, neste momento, em que pedimos enormes sacrifícios aos cidadãos para impedir a propagação do contágio, colocar em risco a saúde dos jogadores, dos árbitros, dos técnicos, dos adeptos, que seguramente se vão juntar para ver os jogos, apenas para não suspender provisoriamente o futebol e não afetar os interesses que giram em torno dele", referiu.

Spadafora lembrou que outras federações decidiram interromper os encontros, pedindo ao presidente da federação, Gabriele Gravina, para reconsiderar a decisão de realizar os jogos à porta fechada "sem esperar pelo primeiro caso de contágio".

Cinco jogos da liga italiana foram adiados no último fim de semana e deviam realizar-se hoje à porta fechada, com o primeiro, entre o Parma, de Bruno Alves, e o Spal a ver o seu início adiado após as declarações do ministro.

O surto de Covid-19, detetado em dezembro, na China, e que pode causar infeções respiratórias como pneumonia, provocou cerca de 3.600 mortos e 105 mil pessoas infetadas numa centena de países e territórios.

Itália é o país europeu mais afetado pelo Covid-19, com mais de 5.800 infetados e pelo menos 233 mortos.

Outras Notícias