O Jogo ao Vivo

Futebol

Governo pretende retomar época 2021/22 com público nas bancadas

Governo pretende retomar época 2021/22 com público nas bancadas

João Paulo Rebelo, secretário de Estado da Juventude e do Desporto, avançou esta quarta-feira que o Governo pretende retomar a próxima época com público nas bancadas dos recintos desportivos e que está a "criar todas as condições" para que tal aconteça.

João Paulo Rebelo, que falava à margem da tomada de posse dos órgãos sociais da Special Olympics, referiu que a presença de público nos jogos da última jornada da Liga, uma decisão conhecida esta quarta-feira, é uma "mensagem" do executivo para todos os agentes desportivos.

"É uma mensagem aos agentes desportivos, aos clubes, aos atletas, de que nós estamos mesmo a trabalhar para que a próxima época desportiva possa retomar com público. O público merece estar nos estádios e os atletas merecem ter o seu público", afirmou, na sede do Comité Olímpico de Portugal (COP).

Os jogos da 34.ª e última jornada da Liga, em 18 e 19 de maio, vão poder contar com 10% da lotação dos estádios, aos quais poderão aceder exclusivamente adeptos da equipa visitada que apresentem um teste de despiste à covid-19 com resultado negativo, anunciou esta quarta-feira a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

De resto, João Paulo Rebelo não coibiu de fazer um apelo aos portugueses: "Estamos a criar todas as condições para que haja público e precisamos da ajuda de todos os portugueses. Que cada um cumpra escrupulosamente o que hoje nos é pedido e exigido pelas autoridades de saúde".

Por outro lado, o secretário de Estado recusou alongar-se sobre os desacatos que ocorreram, sobretudo, em Lisboa, durante os festejos da conquista do título de campeão nacional de futebol pelo Sporting, frisando que essa é uma matéria que "nada tem a ver com o desporto", mas sim com a Administração Interna.

"Há no Governo quem tutele essas áreas. Há autoridades competentes, que têm responsabilidade sobre essas áreas. Não se trata de sacudir a água do capote, mas não é uma área da responsabilidade do secretário de Estado do Desporto", justificou.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG