Futebol

Graça Freitas diz que adeptos devem "festejar com exuberância" mas "com distância"

Graça Freitas diz que adeptos devem "festejar com exuberância" mas "com distância"

Os adeptos da Liga, que regressa na quarta-feira, vão estar fora dos estádios, mas se se juntarem devem manter uma distância de dois metros e celebrar sem contacto físico, alertou esta terça-feira a diretora-geral da Saúde.

"Relativamente ao distanciamento social, o ideal são os dois metros. Mesmo se estiverem a assistir pela televisão em espaços fechados, não devem esquecer esta regra e outra, muito importante, que é a partilha de objetos como copos ou garrafas - não fazer isso, de todo", disse Graça Freitas na conferência de imprensa diária sobre a covid-19, referindo-se à eventual concentração de adeptos junto a hotéis onde estão as equipas ou a estádios.

A responsável da Direção-Geral da Saúde (DGS) avisou que, "na altura da comemoração dos golos, a tendência vai ser para comemorar como antes", com "contacto físico", apelando para que a celebração decorra "sendo exuberante, mas com distância".

Isto, "a menos que se trate de pessoas que vivam na mesma casa", frisou.

"Deixo um grande apelo aos adeptos para que, se se juntarem, mantenham regras de distanciamento físico e de proteção barreira, usando máscara e não partilhando objetos", acrescentou.

Graça Freitas afirmou que "foi uma dura conquista a retoma do campeonato" e que "a tentativa de chegarmos ao fim será boa para todos", designadamente do ponto de vista social e económico.

"Mas temos de garantir que o que foi conquistado não pode retroceder por um comportamento menos prudente. E a prudência indica que temos de manter as regras", notou.

A Liga regressa na quarta-feira, quase três meses depois de paragem devido à covid-19, para umas últimas 10 jornadas sem público, uma dezena de substituições por jogo a partir, tudo indica, da ronda 27 e testes constantes à covid-19.

Outras Notícias