Exclusivo

Grupo de sócios do Leça denuncia nega a eleições

Grupo de sócios do Leça denuncia nega a eleições

Movimento Leça que Futuro diz ter pedido assembleia geral extraordinária para destituir a atual direção mas que foram "ameaçados" com expulsão de sócios

O grupo de sócios do histórico Leça F.C. queixa-se de lhe ter sido negada a realização de uma assembleia geral extraordinária (AGE) para destituição da atual direção do clube, e consequente marcação de eleições, e denunciou que os subscritores dessa petição foram "ameaçados" de perder os seus direitos como associados.

O relato foi feito pelos responsáveis do Movimento Leça de Futuro, que contempla algumas dezenas de sócios, com idades compreendidas entre os 28 e 45 anos, que descontentes com a gestão da atual direção, liderada pelo presidente António Pinho, pretendiam um ato eleitoral antecipado no clube.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG