Mundial2022

Guarda-redes de Marrocos está no onze, entra em campo, ouve o hino mas não joga

Guarda-redes de Marrocos está no onze, entra em campo, ouve o hino mas não joga

Yassine Bounou, guarda-redes de Marrocos, estava no onze para defrontar a Bélgica mas acabou por ser substituído ainda antes do apito inicial.

Os minutos que antecederam o encontro entre Marrocos e Bélgica, para o Mundial do Catar, ficaram marcados por um momento caricato. O guarda-redes da seleção marroquina, Yassine Bounou, estava no onze da equipa e, como é normal, entrou em campo e até cantou o hino. Mas, poucos minutos antes do apito inicial, acabou por ser substituído e não chegou a jogar.

PUB

Na fotografia de grupo, já foi Munir Mohamedi a aparecer junto dos companheiros e a Federação de Futebol de Marrocos não justificou, para já, o motivo da mudança de última hora. Contudo, durante o hino, foi possível ver Bounou com as mãos na cabeça e de joelhos, aparentando estar com uma má disposição.

Marrocos ascendeu, este domingo, à liderança do Grupo F do Mundial2022, ao vencer a Bélgica, terceira classificada há quatro anos, por 2-0.

Os suplentes Abdelhamid Sabiri, aos 73 minutos, e Zakaria Aboukhlal, aos 90+2, selaram o triunfo dos marroquinos, que continuam na corrida para repetir a inédita presença nos oitavos de final de 1986.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG