Jogo

Guarda-redes do Belenenses SAD alvo de insultos após a lesão de Nanu

Guarda-redes do Belenenses SAD alvo de insultos após a lesão de Nanu

Stanislav Kritciuk, guarda-redes do Belenenses SAD, publicou em russo nas redes sociais uma nota sobre o lance com o jogador do F. C. Porto e esclarece que apenas se limitou a jogar a bola.

O minuto 86 do jogo entre o Belenenses SAD - F. C. Porto ficou marcado por um choque aparatoso entre o guarda-redes Stanislav Kritciuk e o jogador do F. C. Porto Nanu. Do incidente resultou uma concussão cerebral e um traumatismo vértebro-medular com perda de memória para o futebolista azul e branco, transportado para o Hospital São Francisco Xavier, onde realizou exames complementares.

"Em primeiro lugar, espero que Nanu esteja bem, que recupere, esteja completamente saudável e volte a campo em breve! Vou orar por ele e pela sua família para que tudo fique bem", escreveu Kritciuk, em russo, nas redes sociais. Logo após o lance viveram-se minutos de pânico com os colegas a aperceberem-se da gravidade da lesão e a chamarem, de imediato, o corpo médico do F. C. Porto para que pudesse socorrer o jogador. Pepe chegou a verter algumas lágrimas, Marega rezou e Uribe não disfarçava sinais de dor e preocupação. Num ápice, uma ambulância entrou no relvado e transportou Nanu para o hospital.

Kritciuk, o protagonista do lance também resolveu esclarecer o episódio para que não restassem dúvidas o quanto, no seu entender, foi um gesto fortuito e sem qualquer maldade. "Em segundo lugar, como agora estou recebendo muitos insultos pela Internet, quero explicar o episódio. Fui intercetar a bola. O Nanu e eu, mais um defesa, avançámos em direção da bola. Gritei que estava a jogar e seria o primeiro a intercetar a bola com aos punhos [A repetição mostra claramente que os meus punhos estão logo atrás da perna do Bruno. O Nanu viria a bater contra mim e a falta seria a nosso favor (a decisão do árbitro e do VAR de não marcar grande penalidade confirma as minhas palavras)]. O vídeo mostra isso".

O guarda-redes esclareceu ainda: "Mais uma vez, eu não voei para o Nanu com minhas mãos ou punhos, como às vezes pode parecer na foto ou de certos ângulos. Nanu voou para mim pela lateral e as nossas cabeças bateram. Não houve intenção maldosa nas minhas ações, foi apenas um momento de jogo. Eu poderia estar no lugar dele, mas tive um pouco mais de sorte".

O russo sublinha que escreveu esta nota nas redes sociais "para impedir comentários negativos" de muitos adeptos. "Embora eu entenda que é assim que as pessoas expressam seu amor pelo clube e a preocupação com o jogador. Ninguém é culpado pelo que aconteceu. É um desporto. Infelizmente, estas coisas às vezes acontecem. Que Deus conceda a Nanu saúde, paciência e força para sua família! Tudo de bom", escreveu.

Segundo informou esta manhã o F. C. Porto, Nanu "terminou a noite de ontem consciente, estável e orientado no tempo e no espaço".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG