Desporto

Guarda-redes Marcelo deixa o Marítimo para reforçar Sporting

Guarda-redes Marcelo deixa o Marítimo para reforçar Sporting

O guarda-redes Marcelo Boeck, do Marítimo, vai ser reforço do Sporting na época 2011/12, depois de os clubes da Liga portuguesa de futebol terem chegado a acordo.

Marcelo foi dispensado de se apresentar na quarta-feira, no Marítimo, em virtude de as negociações entre os clubes estarem a decorrer de forma satisfatória para as duas partes, apesar de terem ficado concluídas apenas à noite, disse à agência Lusa fonte do emblema insular.

O jogador vai apresentar-se esta quinta-feira em Alvalade para ultimar os termos do acordo com os "leões", cuja duração não foi ainda quantificada.

Os pormenores do negócio entre o clube madeirense e o Sporting também não foram divulgados, salientando a mesma fonte que se tratou de "um importante encaixe financeiro para o Marítimo".

Com mais um ano de contrato para cumprir com o Marítimo, o brasileiro de 26 anos fez uma época de grande nível nos "verde-rubros", tendo sido um dos pilares da equipa, após uma época na sombra do compatriota Peçanha.

Marcelo Boeck fez a sua formação nos brasileiros do Internacional de Porto Alegre, transferindo-se para o Marítimo na época 2007/08. Tendo então 22 anos, integrou o plantel da equipa B, em que jogava regularmente.

Na época 2009/10 ascendeu ao plantel principal, demonstrando qualidade, mas foi-lhe difícil superar Peçanha, sobre quem recaiu a opção da titularidade.

Em 2010/11 beneficiou de um castigo de quatro jogos impostos ao compatriota para garantir a titularidade e convencer, primeiro, o técnico holandês Mitchell van der Gaag e, mais tarde, Pedro Martins.