Exclusivo

Hábito de reagir a goleadas dá força à crença do treinador do Braga

Hábito de reagir a goleadas dá força à crença do treinador do Braga

Maioria dos jogadores arsenalistas sabe como responder a um resultado adverso. Treinador diz que não ficou preocupado com "percalço" no Dragão e confia na vitória.

Vencer e assumir a liderança isolada do Grupo D da Liga Europa é o objetivo da equipa minhota, na receção de hoje ao Saint-Gilloise, da Bélgica, em jogo da terceira jornada da fase de grupos da segunda prova europeia de clubes. Mas, mais do que pretender o "simples" triunfo frente aos vice-campeões belgas, os guerreiros vão querer responder à goleada sofrida na sexta-feira, no Dragão, com o F. C. Porto (1-4), que interrompeu um início de época que estava a ser quase perfeito.

"Felizmente, estou numa posição em que prefiro, porque tenho oito vitórias e uma derrota [e um empate], prefiro isso ao inverso. O trabalho feito com a equipa não mudou rigorosamente nada, tenho jogadores com muito caráter e disse logo após o jogo no Dragão que eles já estavam a reagir ao que foi um percalço", realçou Artur Jorge, treinador do Braga, na antevisão do jogo desta noite.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG