O Jogo ao Vivo

Futebol

Horta apanha Karoglan em noite de desforra

Horta apanha Karoglan em noite de desforra

Com Paulinho a começar no banco, minhotos vingam desaire da Liga frente aos açorianos e estão nas meias-finais da Taça. Abel Ruiz influente: assiste e marca.

Dois anos após a última presença, o Sporting de Braga está novamente nas meias-finais da Taça de Portugal. Um triunfo por 2-1, na receção ao Santa Clara, construído no primeiro tempo e só amenizado pelos açorianos nos descontos garantiu o apuramento, com os guerreiros a desforrarem-se do desaire de há quatro meses (0-1), com este adversário, na 2.ª jornada da Liga.

A chuva que teimou em cair terá atrapalhado mais o Braga do que propriamente o Santa Clara. A equipa dos Açores, pela primeira vez nos quartos de final e a almejar ir ainda mais longe, não teve argumentos face ao poderio do opositor e o resultado não traduz bem a diferença entre as equipas.

Frente a um Santa Clara com seis alterações, Carlos Carvalhal voltou a mudar radicalmente as opções, mantendo três titulares, com a escolha a recair em Iuri Medeiros (sofreu uma entorse num joelho na primeira parte), Galeno e Esgaio.

Com Paulinho no banco (entrou a 16 minutos do fim), ele que está na mira do Sporting e ainda pode sair neste mercado, o Braga deu boa conta do recado. Ricardo Horta e Abel Ruiz construíram, antes do intervalo, uma vantagem de dois golos. Primeiro foi Ricardo Horta a marcar, a passe de Abel Ruiz. Foi o 65.º golo pelo Braga do extremo natural de Almada, igualando Karoglan, como o segundo melhor marcador de sempre do clube, só atrás do já falecido Chico Gordo (76).

O golo, que surgiu numa altura em que o Santa Clara estava em inferioridade numérica devido a lesão de Costinha, deu expressão à supremacia arsenalista. Antes do intervalo, surgiria o 2-0, desta feita com o espanhol a concretizar, após boa transição de Galeno.

Na segunda parte, apesar da tentativa de reação do Santa Clara, o Braga podia ter aumentado a vantagem, mas Abel Ruiz e Esgaio acertaram nos ferros. Mesmo a acabar, foi Cryzan a reduzir para 1-2, mas a eliminatória já estava decidida.

PUB

POSITIVO: Abel Ruiz a marcar e a assistir. Já era o goleador do Braga na prova - quatro tentos - e acrescentou um à conta. Mérito arsenalista de decidir cedo o apuramento.

NEGATIVO: Santa Clara entrou mal no jogo e já não foi a tempo de forçar o prolongamento. As lesões de Costinha e de Iuri Medeiros, a criar problemas aos treinadores.

ÁRBITRO: Bem anulado o que seria o 3-0 (fora de jogo), de Ricardo Horta. O mesmo se passou já nos descontos, num desvio irregular de Raul Silva. Bom trabalho do árbitro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG