Sporting

Inácio ainda treinou no Benfica, mas "não gostava de estar lá"

Inácio ainda treinou no Benfica, mas "não gostava de estar lá"

Parece que o destino não quis que Gonçalo Inácio fosse jogador do Benfica. Enquanto futebolista da formação, foi "a uns treininhos" no rival dos leões, mas conta que um dos problemas era... o carro, que avariava sempre.

Agora um dos indiscutíveis de Ruben Amorim no centro da defesa do Sporting, Gonçalo Inácio revelou, no podcast "ADN de Leão", que treinou no Benfica e o que correu mal nessa experiência. "Não joguei [no Benfica], só fiz uns treininhos. Fui lá, o carro avariou. Duas vezes. Na primeira vez o reboque foi lá e o senhor disse que não podia estar aqui, que tinha de estar no outro lado da 2.ª circular". Terá sido destino? "Não sei. Da outra vez o carro ficou mesmo ali. Mas não desisti por causa do carro... Também não gostava de estar lá", acrescentou.

Em conversa descontraída, o central recordou a expulsão frente ao Sp. Braga, na temporada passada, em jogo da 29.ª jornada que terminou com vitória leonina por 1-0, com um golo de Matheus Nunes, e que acabou por ser muito importante para a conquista do título nacional. "Senti medo. Fui expulso e ficámos com menos um, fiquei com medo de perdermos pontos. Agradeci muito ao Matheus Nunes", explicou.

O jovem defesa deixou ainda elogios ao parceiro da defesa Sebastián Coates... Mesmo quando o uruguaio lhe diz das boas. "Ele ajuda-me muito, mas também me dá na cabeça... Quando tento sair a jogar e arrisco demais, dá-me na cabeça", contou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG