O Jogo ao Vivo

Futebol

Incidentes e invasão suspendem Paris FC-Lyon da Taça de França ao intervalo

Incidentes e invasão suspendem Paris FC-Lyon da Taça de França ao intervalo

O jogo entre o Paris FC e o Lyon, dos 32 avos de final da Taça de França, foi suspenso ao intervalo, esta sexta-feira, quando estava empatado 1-1, na sequência de incidentes nas bancadas e invasão de campo.

Os confrontos terão partido de adeptos do Lyon e originaram grandes movimentações nas bancadas, um início de invasão de campo e a intervenção das forças da ordem.

As duas equipas ainda regressaram ao relvado depois do intervalo, quando, numa primeira apreciação, o árbitro decidiu adiar o reatar da partida.

PUB

Após 50 minutos de espera e de conversas nos bastidores, o 'speaker' da partida, acompanhado de Pierre Ferracci, o presidente do Paris FC, foi ao terreno para anunciar que o jogo ficava mesmo suspenso.

O jogo estava empatado 1-1 ao intervalo, com Gaetan Laura a adiantar o Paris FC, aos sete minutos, mas Dembélé fez o empate, aos 44.

O Lyon, castigado com um ponto na classificação por incidentes no estádio Groupama, arrisca-se assim a novo castigo na justiça desportiva.

O clube do guarda-redes luso Anthony Lopes esteve no centro de recentes alterações para os jogos das Ligas profissionais, decididas esta semana. A regra é agora a suspensão imediata caso algum jogador ou árbitro seja ferido por objetos lançados das bancadas.

A decisão, que se inclui numa lista de várias medidas para melhorar a segurança nos jogos de futebol, surge numa altura em que vários recintos franceses têm sido palco de incidentes com o lançamento de objetos para o relvado.

Um deles ocorreu em 21 de novembro, no jogo Lyon-Marselha, da 14.ª jornada do campeonato, suspenso depois de Dimitri Payet, jogador da equipa visitante, ter sido atingido no rosto por uma garrafa de água quando se preparava para bater um canto.

O agressor do jogador foi, entretanto, condenado a seis meses de prisão com pena suspensa e impedido de ir ao estádio do Lyon durante cinco anos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG