O Jogo ao Vivo

kitesurf

Inês Correia quer vencer etapa irlandesa para revalidar título mundial de kitesurf

Inês Correia quer vencer etapa irlandesa para revalidar título mundial de kitesurf

A portuguesa Inês Correia revelou, esta quinta-feira, a ambição de vencer a etapa irlandesa do circuito mundial de kitesurf, a disputar entre sexta-feira e 28 de outubro, considerando-a "muito importante" para revalidar o título conquistado em 2011.

"Tenho de ter um bom resultado, para 'apagar' o quarto lugar nas Maurícias - não é que tenha sido muito mau, mas eu queria que tivesse sido bem melhor -, por um lado é decisiva, mas por outro é apenas mais uma. Claro que vou dar o meu melhor e é uma prova particular, porque é a única das quatro que é móvel, pode ser em quatro praias e nós não sabemos com o que podemos contar", afirmou Inês Correia, em declarações à agência Lusa.

A portuguesa, de 19 anos e natural do Montijo, enfrenta a terceira prova do circuito no quarto lugar do "ranking" de 2012, contabilizando 1.295 pontos, menos 290 da alemã Ninja Bichler, que lidera a hierarquia depois de ter vencido o campeonato nas Maurícias.

O circuito mundial de kitesurf de 2012 integra quatro provas, mas a primeira, marcada para o Guincho, não foi concluída devido às condições climatéricas e os seus pontos foram distribuídos por todos os participantes.

"Não ter havido prova no Guincho foi mau para mim, porque acho que tinha vantagem, no meu segundo 'home spot' e estava a correr bem, mas acho que ainda tenho muitas possibilidades de conseguir. Estou otimista, tenho algum tempo para treinar e há probabilidade de haver direitas ou esquerdas, apesar de eu achar que para mim ser melhor que houvesse direitas, porque as que me ganharam nas Maurícias são menos boas para as direitas", explicou a "kite-rider".

Confiante, otimista e motivada para lutar pela revalidação no título mundial, Inês Correia assume a ambição por vencer na Irlanda: "O meu objetivo é sempre vencer, sempre pensar 'heat' a 'heat', mas vou sempre para vencer".

A conquista do título mundial em 2011 "foi bom", segundo Inês Correia, considerando que a sua vitória foi "importante em todos os sentidos", incluindo no reconhecimento, nos apoios e também na divulgação da modalidade.

Depois da prova irlandesa, a disputar na costa oeste do país, o circuito termina com a etapa no Havai, agendada para o período entre 29 de novembro e 08 de dezembro.

Outras Notícias