Desporto

Infeção pulmonar força abandono de Bradley Wingis da Volta a Itália

Infeção pulmonar força abandono de Bradley Wingis da Volta a Itália

O ciclista britânico Bradley Wingis, vencedor da última edição da Volta à França, foi obrigado a abandonar a Volta a Itália antes do início da 13.ª etapa, esta sexta-feira, devido ao agravamento de uma infeção pulmonar.

Pouco antes, tinha sido o vencedor da edição de 2012, o canadiano Ryder Hesjedal (Garmin) a anucicar a desistência devido a uma condição física precária, sem especifiar os motivos.

O diretor da Sky, equipa do britânico, Dave Brailsford, explicou que Wingis estava cada vez mais consciente que a "sua condição física não era a ideal para obter bons resultados em Itália", pelo que optou abandonar a prova.

"Seguimos a evolução do estado de saúde de Bradley durante a última noite e esta manhã. Depois de uma última consulta ao médico da equipa, decidimos que a melhor opção era abandonar a corrida. A saúde dos nossos ciclistas é sempre a maior preocupação", esclareceu aos jornalistas o responsável da Sky.

A 13.ª etapa do Giro de 2013 disputa-se entre as localidades de Busseto e Cherasco, na distância total de 242 quilómetros. A geral continua a ser liderada pelo italiano Vincenzo Nibali (Astana).