Automobilismo

Álvaro Parente em nono na corrida do campeonato FIA GT1

Álvaro Parente em nono na corrida do campeonato FIA GT1

O piloto português Álvaro Parente (McLaren) terminou, este domingo, na nona posição a corrida do campeonato do Campeonato do Mundo FIA GT1, disputada no Slovakia Ring, na Eslváquia.

Depois de ter conquistado a nona posição na sessão de qualificação de sábado, o piloto português, que ficou escalado para o segundo turno da corrida, recebeu o carro das mãos do francês Gregoire Demoustier no décimo posto, com o difusor traseiro partido e só conseguiu subir uma posição na classificação,.

"Penso que esta corrida define bem o fim de semana: foi mau. O carro não tinha apoio nenhum na traseira devido à quebra do extrator aerodinâmico ainda durante o turno do meu colega de equipa, o que o deixou desequilibrado, lento e até perigoso nas curvas rápidas. Lutei para me manter em pista, o que consegui, apesar da traseira se ter desfeito. Era difícil fazer melhor", disse Álvaro Parente, citado pela sua assessoria de imprensa.

O piloto luso espera agora que os problemas com os carros sejam resolvidos, uma vez que a próxima ronda do campeonato do mundo FIA GT1 será disputado dentro de duas semanas, na Rússia.

"Ainda não conseguimos perceber o que se passou para que não nos mostrássemos competitivos neste circuito, uma vez que em Junho o nosso carro estava muito rápido. Vamos ter que trabalhar arduamente para ultrapassar estes problemas e podermos mostrar-nos mais fortes no próximo evento", apontou o piloto português.

Imobusiness