Futebol

Benfica vence Belenenses SAD mas só descansou nos descontos

Benfica vence Belenenses SAD mas só descansou nos descontos

O Benfica venceu este sábado o Belenenses SAD, por 2-0, em jogo da segunda jornada da Liga, num encontro difícil para o conjunto encarnado, que apenas respirou de alívio no período de compensação

Rafa, aos 59 minutos, inaugurou o marcador no Estádio Nacional, com Pizzi a cimentar o resultado nos instantes finais, aos 90+2 minutos, já depois de Seferovic, minutos antes, ter visto um golo ser anulado por fora de jogo.

Com esta vitória, o Benfica mantém o primeiro posto na classificação geral, com duas vitórias noutros tantos jogos, enquanto o Belenenses SAD continua com um ponto somado, devido ao empate conquistado na primeira jornada, diante do Portimonense (0-0).

Os campeões nacionais dispuseram de várias oportunidades para inaugurar o marcador mais cedo. Aos cinco minutos, Pizzi cruzou para Raúl de Tomás, o guardião Koffi defendeu o remate e, na recarga, a bola sobrou para o espanhol, que entregou a Seferovic, mas o suíço pecou na finalização.

Aos 17 minutos, Rafa picou a bola por cima de Koffi, mas o remate acabou intercetado por Nuno Coelho. Pouco tempo depois, novamente Rafa a conduzir um ataque perigoso e a proporcionar um remate de primeira a Raúl de Tomás, que atirou ao lado.

Já perto do intervalo, Seferovic cruzou da direita em direção ao espanhol, com a bola a sobrar para Grimaldo, que rematou contra a defensiva contrária. Na sequência da jogada, a bola foi parar a Rafa, que permitiu a defesa segura de Koffi, após remate de calcanhar.

Antes de recolher aos balneários, ainda houve tempo para a formação da casa causar um susto à equipa de Bruno Lage, com Kikas a aproveitar uma escorregadela de Rúben Dias em zona proibida para se isolar perante Vlachodimos, que impediu o golo dos azuis com enorme defesa.

Na segunda parte, as águias continuaram a tomar conta das incidências da partida, mas não deixaram de sentir dificuldades em contrariar a tática montada por Silas, deixando poucos espaços à equipa de Bruno Lage para fazer o seu jogo habitual.

O Benfica foi criando perigo perto da baliza de Koffi, mas os lances terminavam em posição irregular, primeiro por Seferovic, que atirou ao poste, e depois por Pizzi, que cabeceou para grande defesa do guardião dos azuis.

O golo dos encarnados acabou por surgir, por intermédio de Rafa, aos 58 minutos, com o português, à entrada da área, a desferir um remate forte, sem hipóteses para Koffi.

O Belenenses SAD não vacilou e foi crescendo, o que causou alguns calafrios no processo defensivo ao campeão. Aos 78 minutos, a formação da casa esteve muito perto do empate, numa ocasião flagrante desperdiçada por Nico Velez, após um corte defeituoso de Nuno Tavares, com a bola a sair a escassos centímetros do poste.

O Benfica procurava matar a partida nos últimos minutos e, aos 84 minutos, introduziu mesmo a bola na baliza, por Seferovic, mas o golo foi anulado por posição irregular do avançado no início da jogada -- após longa análise do videoárbitro.

A equipa de Bruno Lage não desistiu e chegou mesmo ao 2-0, através de um remate rasteiro de Pizzi, após assistência de Rafa, que terminou de vez com a discussão da partida no segundo minuto de compensação dado pelo árbitro Fábio Veríssimo.

Veja o resumo do jogo: