Premium

À procura da despedida de sonho na final do Jamor

À procura da despedida de sonho na final do Jamor

No último sopro da época, leões e dragões protagonizam um clássico sempre especial, ainda para mais quando está em discussão um troféu.

Todos querem despedir-se em beleza de uma temporada que já vai longa, mas a final da Taça de Portugal (sábado às 17.30 horas) será ainda mais especial para um núcleo restrito de jogadores que podem realizar o último jogo com as cores do F. C. Porto e do Sporting.

Curiosamente, há 10 atletas nessa condição nos dois lados da barricada. Nos dragões, há seis jogadores em final de contrato e a saída do capitão Herrera, por exemplo, até já foi confirmada pelo presidente Pinto da Costa, que admitiu que o F. C. Porto não tem condições para pagar o que o mexicano pretendia para renovar o contrato.