Desporto

AC Milan empata "Barça", Villas-Boas estreia-se com triunfo caseiro

AC Milan empata "Barça", Villas-Boas estreia-se com triunfo caseiro

O italiano AC Milan, já nos descontos, empatou, esta terça-feira. 2-2 na visita ao campeão europeu e espanhol, FC Barcelona, no primeiro dia da Liga dos Campeões de futebol 2011/12, aproveitado da melhor forma pelo Chelsea do treinador português Villas-Boas.

Em Camp Nou, o brasileiro Pato alcançou o quinto golo mais rápido da história da competição, inaugurando o marcador logo aos 24 segundos, mas Pedro Rodriguez e Villa, respectivamente aos 36 e 50 minutos, deram a volta ao marcador a favor dos "blaugrana".

Só aos 92 minutos, outro brasileiro, Thiago Silva, aproveitou um pontapé de canto para recolocar, de cabeça, os "rossoneri" em igualdade.

Neste Grupo H, como os checos do Viktoria Plzen também empataram (1-1) em casa frente aos bielorrussos do BATE Borisov, todas as equipas seguem com um ponto.

No agrupamento E, o brasileiro e antigo jogador do Benfica David Luiz inaugurou o marcador a favor do Chelsea, em Stamford Bridge, aos 67 minutos, antes de ser substituído pelo compatriota Alex, aos 76.

Já no tempo de compensação, aos 93, Juan Mata confirmou o triunfo dos londrinos sobre o Bayer Leverkusen, estabelecendo o 2-0 final, que colocou a equipa no topo da tabela, com três pontos, já que o Valência, com Miguel a actuar os 90 minutos e Ricardo Costa nas "reservas", se ficou pelo "nulo" em visita aos belgas do Genk.

André Villas-Boas apostou, ainda, em Raul Meireles, embora "trocado" por Lampard aos 64, e em Bosingwa, ao passo que os outros portugueses dos "blues" -- Hilário e Paulo Ferreira -- ficaram no banco de suplentes.

Na "poule" F, o Arsenal esteve a vencer na visita ao Borussia Dortmund, graças ao tento do holandês Van Persie, aos 42 minutos, mas, a dois minutos do tempo regulamentar, Perisic alcançou o empate (1-1).

Na outra partida do grupo, o Olympique Marselha, com um golo do argentino e ex-portista Lucho Gonzalez, impôs-se na visita aos gregos do Olympiacos, assumindo a liderança.

Já o grupo G é liderado por FC Porto e pelos cipriotas do APOEL de Nicósia, que venceram nas recepções aos ucranianos do Shakhtar Donetsk e Zenit de São Petersburgo, respectivamente, por 2-1.

Imobusiness